12 de fevereiro de 2011

A sapiência vetusta



Vejo no olhar daquela senhora
Que fora criança outrora
A síntese de uma história
Perene em sua memória

O testemunho de uma geração
Narrado com o coração
Relato de uma cultura
Que hereditariamente perdura

Como se fosse um livro
De olhar tão expressivo
De contos tão interessantes
Que não se abandona na estante

Herói é o idoso
Ser digno de mérito honroso
Compartilha a todo o momento
Seu vasto conhecimento

Um com sentidos debilitados
Que necessita de cuidados
Outro com mobilidade reduzida
Daquele que é veterano da vida

O jovem é coitado
Com seu espírito ousado
E tamanha irreverência
Não conhece o preço da existência
Não sabe que no jogo da vida
O que vale é a experiência.


Guilherme Serafim

Um comentário: