22 de setembro de 2009

O Xadrez para mim.



O Xadrez para mim é como
A lógica para a inteligência
A verdade para a coerência
O arco-íris que a chuva faz.

O Xadrez para mim é como
As cinzas onde a fênix renasce
Um creme hidratante para a face
É como o elixir para os imortais.

O Xadrez para mim é como
A aeronáutica para o brigadeiro
Os Estados Unidos para o mundo inteiro
Jóia rara, a qual não se fabrica mais.

O Xadrez para mim é como
O Ronaldo para o futebol
Bruno Souza para o Handebol
É como um filho para os seus pais.

O Xadrez para mim é como
A água para o copo
É a urna do meu voto
A carta que o mensageiro trás.

O Xadrez para mim é como
O Ash Ketchium para o Pikachu
É como Curitiba para a região Sul
O habitat dos animais.

O Xadrez para mim é como
A presidência para o Lula
A comida para a gula
O tempo para o fulgaz.

O Xadrez para mim é como
A inglesa para o Sunye
É como a Globo para a TV
A fotossíntese para os vegetais.

O Xadrez para mim é como
O grão que o agricultor semeia
O sangue que corre na veia
É como a pomba que simboliza a paz.

O Xadrez para mim é como
O amarelo para Van Gogh
É como você para o meu BLOG
É como a vida para os mortais.

O Xadrez para mim é como
O Xadrez para o Kasparov
É a arte que me envolve
É a luta que me satisfaz.





18 comentários:

  1. nossa!!! sem palavras, se um dia eu for pra você tudu q o xadrez é eu sou a pessoa mais amada do mundo rsrs! muito liiindoooo vo copiar pra mim, msm nao sabendo jogar xadrez! rsrs

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso! Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  3. eh isso ai serafa
    muito bom
    parabens...

    ResponderExcluir
  4. Legal as rimas e a ideia do xadrez
    Mas poeticamente falando ta sem critividade, cansa lê, e usar sempre o "O Xadrez para mim é como", ficou "clishe"( talvez seja assim)...

    ResponderExcluir
  5. ahehausha sabia que ja ia vir alguem aqui defeituar o peah. faça assim, leia desconsiderando a primeira linha de cada verso, se assim lhe convem!

    ResponderExcluir
  6. Guilherme! Se superou hein?! Se eu fosse vc largava o xadrez e ia escrever poesia! hahaha
    Parabéns!

    Edisa

    ResponderExcluir
  7. Que inspiração hein rapaz
    haUAHuAHUhauhUAha
    parabéns pelo poema, ta massa...

    Tortola

    ResponderExcluir
  8. kkk.
    a galera e cruel, foram logo reparar que ele usou a mesma frase em todas as estrofes.kkk!

    ResponderExcluir
  9. Gostei muito de seu poema, parabens, acrescento , " O xadrez para mim é como a bençao para a alma que me enche de calma" O Xadrez para mim é como a Paz, pois a cada lance vejo do que sou capaz. Um abraço. Ronaldo Zardini - Goiania GO.

    ResponderExcluir
  10. Obrigado Ronaldo, muito boa a sua sugestão. Quem sabe algum dia eu poste uma "O Xadrez para mim - Parte 2".

    ResponderExcluir
  11. não...por favor...
    Dayson

    ResponderExcluir
  12. Nossa o xadrez eh td isso pra vc?....qtos exemplos vc achou heim me fez lembrar akela musica "avião sem asa fogueira sem brasa sou eu assim sem vc... futebol sem bola etc etc"
    esse comentario 4 deve ser do Akira ou do David....
    se for um deles mto previsivel pq meu Deus como usam a a palavra clichê...que até ja ficou clichê esse clichê... haushaushuhs
    e eh assim q escreve

    ResponderExcluir
  13. Realmente, bem criativo! parabéns!

    ResponderExcluir
  14. Maravilha, mestre, dar uma expressão poética ao xadrez é show!

    ResponderExcluir
  15. PARABENS PARCEIRO, CAMPEAO HOJE NEH!! ABRAÇOS

    ResponderExcluir
  16. SÓ É CAPAZ DE COMPREENDER ESTE POEMA AQUELE QUE SENTE O XADREZ E NÃO APENAS JOGA...PARABENS...MUITO BOA ESSA DEFINIÇÃO....

    ResponderExcluir