17 de março de 2013

Otimista

 
Por que só chove quando vou à rua?
Por que o raio sempre cai no meu lugar?
Por que a catraca só trava na minha vez?
Insiste em me perseguir o azar.

Mas é só questão de observar,
Perceber que a vida é um rodeio,
Sempre enxergar o copo quase cheio
E seja onde estiver, o otimismo semear.

Afinal, quantas manhãs intactas acordaste?
Quantas vezes livremente passeaste,
E do brilho do sol pudeste desfrutar?

Guilherme Serafim


24 de julho de 2012

"Tem gente que tenta abraçar o mundo, mas se esquece que o mundo é água."

25 de março de 2012

Felicidade hipotética.



 Se eu pudesse eu tava ali
Tão sorridente, sem enleios
Sem ter de puxar o freio
Que insiste em me incomodar

Se eu pudesse eu tava ali
Abrindo a caixa dos correios
Ou preparando o recheio
De uma iguaria no jantar

Se eu pudesse eu tava ali
Tua companhia dos passeios
Te serviria de esteio
Quando fôssemos viajar

Se eu pudesse eu tava ali
Concretizando teus anseios
Atento aos teus gorjeios
E com um beijo te calar

Mas eu não posso, eu tô aqui
Meio de longe, de escanteio
Inquieto, buscando um meio
Pr'esse amor vivenciar.

Guilherme Serafim